Tethering que é, como funciona e para que é usado?

Se você já ficou sem dados móveis para acessar a Internet e precisa receber informações ou enviar um e-mail, o tethering é a solução para este tipo de situação. Consiste em compartilhar a Internet via celular para outros dispositivos.

É uma tecnologia amplamente utilizada, uma vez que existem taxas das operadoras que possuem megas ilimitadas para navegar ou com uma grande quantidade delas e que os usuários não terminam de utilizá-las durante o ciclo de faturamento.

Para que você saiba mais sobre esta ferramenta, queremos compartilhar com você os seguintes parágrafos. Você pode encontrar todas as informações relacionadas à âncora da rede e a diferença que existe com o hotspot, bem como os passos necessários para ativar a amarração.

O que é amarrar e para que serve esta tecnologia?

Tethering é o mecanismo pelo qual um dispositivo móvel pode compartilhar a Internet e atuar como modem ou roteador para outros telefones e computadores. Isto permite uma rede móvel com ou sem fio.

Para realizar este processo é utilizado WiFi, Bluetooth para um cabo USB.

Quais são os benefícios de usar o tethering para compartilhar dados?

Quando uma pessoa compartilha a Internet ou realiza uma ancoragem de rede pode gerar os seguintes benefícios:

É criada uma rede móvel

O que queremos dizer com este benefício é que a Internet pode ser acessada em qualquer lugar através desta tecnologia. Você só precisa ter cobertura 4G para que diferentes celulares que estejam próximos ao dispositivo do provedor possam acessar a web sem a necessidade de cabos ou outros tipos de hardware.

Compartilhar dados móveis

Uma das razões pelas quais a amarração é mais utilizada é porque o dispositivo que atua como gateway tem uma taxa contratada na qual uma quantidade significativa de megabytes pode ser disponibilizada.

Desta forma, você pode economizar dinheiro em diferentes prestadores de serviços, já que pode contratar uma linha com shows ilimitados e compartilhá-la com outros que tenham contratado uma taxa mais baixa.

Internet para computadores sem instalação prévia

O Tethering também é útil para computadores desktop ou laptop que precisam acessar a Internet e não possuem uma rede WiFi pública aberta. Assim, ao utilizar esta tecnologia o PC poderá navegar na web sem ter que pagar nada por esta ação.

Download de conteúdo em caso de emergência

Se uma pessoa precisa acessar seu e-mail e não tem dados móveis para fazê-lo, o tethering é uma ferramenta ideal. Tudo o que é necessário é dar o telefone que está enviando o sinal de Internet.

Há configurações para ter certeza

Outra vantagem desta tecnologia é que você pode limitar o tempo de compartilhamento de dados, bem como definir senhas para que nenhum intruso possa acessar a rede WiFi sem a autorização do proprietário.

Por outro lado, ele permite o acesso à web via Bluetooth, tornando-a prática e segura. Porque primeiro você tem que emparelhar seu telefone e depois você pode compartilhar seus dados.

Melhor que ADSL

Quando a cobertura de fibra não está disponível, esta ferramenta pode ser acessada como um meio de substituir a conexão de banda larga.

Não esqueça que a velocidade máxima que você pode obter com acesso à Internet ADSL é de até 35 Mbps, enquanto com cobertura de 4G você pode chegar a 180 Mbps para download, e até 800 Mbps para 5G.

Compatível com qualquer sistema operacional

Você poderá realizar uma ancoragem de rede tanto no seu dispositivo Android quanto no iPhone, assim você não será impedido de compartilhar seus dados com pessoas que tenham o telefone perto de você.

O que considerar antes de compartilhar dados com o tethering?

Não esqueça que quando você usa esta tecnologia o que você está fazendo é compartilhar os dados móveis que você contratou com sua operadora. Assim, cada mega que usa um dispositivo conectado ao seu gasta o GB que você tem no seu plano mensal.

Com isso queremos dizer que se você não tiver uma taxa que lhe permita ter uma boa quantidade de megas ou se for ilimitado não é conveniente usar o Tethering.

Isto porque a maioria das operadoras de serviço tem bônus de renovação automática, assim, uma vez que seus dados contratados forem finalizados, renovará mais megas para surfar sem que você perceba, então você terá uma grande surpresa na sua conta de fim de mês.

Amarrar vs hotspot O que é melhor e como estes métodos diferem?

Já sabemos que amarrar é a tecnologia que permite compartilhar a Internet com outros celulares ou computadores via WiFi, Bluetooth ou cabo. Mas esta não é a única ferramenta que existe para acessar a web por outros dispositivos, existe também o Hotspot (traduzido como “hot spot”).

São geradores de pontos de acesso que são utilizados em locais públicos e abertos (com alta demanda de tráfego) para que a web possa ser acessada através de uma conexão sem fio. Para isso é necessário ter um roteador que esteja conectado ao serviço de Internet de um provedor.

O Tethering é mais seguro, pois somente dispositivos autorizados podem entrar na rede, enquanto que no Hotspot a rede está aberta, possibilitando que qualquer terceiro possa ver os dispositivos conectados. Não esqueça que os hackers precisam estar na mesma rede para acessar o celular.

Passos para habilitar o tethering e o compartilhamento da Internet a partir do Android ou iOS

Os passos que você terá que tomar para ativar a amarração dependerá do sistema operacional que você tem no seu celular. Vamos ver como você tem que fazer isso em cada caso.

No Android

Os passos que você precisará seguir no seu Android são os seguintes:

  • Vá para a opção “Configurações”.
  • Depois clique em “Mais…“.
  • Escolha a opção “Network and WiFi Zone Anchorage”.
  • Digite o nome da rede WiFi, defina uma senha, quando terminar clique em “Salvar”.
  • Até agora você configurou a amarração para que ninguém que não seja autorizado por você possa entrar na sua rede wireless. O que você precisa fazer agora é ativá-la e compartilhar a senha com quem você escolher.
  • Para fazer isso você deve clicar em “Portable WiFi Zone” (nas versões Android você encontrará “Share Internet Access”) e ativar a opção.

Caso você queira compartilhá-lo via Bluetooth, você deve seguir este guia:

  • O que você precisa fazer é emparelhar os dois dispositivos.
  • Depois vá até seu provedor de Internet móvel e vá até “Settings”, depois clique em “More”, escolha “Share Internet Access” e finalmente procure a opção “Share Internet via Bluetooth”.
  • No dispositivo receptor você só tem que se conectar via Bluetooth e aceitar a amarração.
  • Se você quiser usar USB para compartilhar a Internet com um computador você terá que seguir os mesmos passos do Bluetooth, mas escolha a opção “Compartilhar Internet via USB”. Se você tiver o Windows você deve habilitar o nome do cabo, procurando a opção “Redes disponíveis”.

Se você tem um computador Mac, você terá que seguir os mesmos passos do Windows, mas você será perguntado se o dispositivo é confiável.

No iOS

Com o seu iPhone você deve seguir este guia:

  • Vá para “Configurações”.
  • Clique em “Compartilhar Internet e ativar a opção”.

Caso você queira alterar a senha de acesso, você terá que clicar na senha WiFi e depois seguir os passos para completar o nome e a senha da rede.

Se você quiser fazer isso por Bluetooth, você fará estes passos:

  • Emparelhar os dois dispositivos.
  • Vá para “Configurações”.
  • Ativar a opção “Internet Sharing”.
  • Clique em “To connect by Bluetooh”.

Se você quiser fazer isso via USB, você precisará conectar seu telefone ao seu Mac, atualizar o iTunes e depois escolher seu iPhone. Caso ele pergunte se você pode confiar no computador, você deve pressionar “Confiar”.

Quando você tiver uma conexão Windows, você precisará seguir os mesmos passos que com o Mac.

Alternativas para amarrar Quais são as melhores conexões para compartilhar a Internet?

Existem outras alternativas que você pode usar para amarrar, que lhe mostraremos abaixo:

Ancoragem USB

Até agora nós já dissemos como você pode se conectar via USB. Mas não comentamos sobre as vantagens de fazer desta maneira.

Primeiro de tudo, você pode compartilhar a Internet tanto para Mac quanto para Windows em qualquer lugar, tudo que você precisa é de uma cobertura de 4G ou 5G. O benefício disso é que você pode estar em qualquer lugar com seu laptop e conectá-lo através de um cabo para acessar a navegação na web.

Outra vantagem deste sistema através de USB é que você pode evitar a conexão de redes WiFi abertas, que muitas vezes não são seguras e não têm a mesma velocidade que as redes por meio de amarração.

Bluetooth

Uma das características mais marcantes do compartilhamento via Internet com Bluetooth é que você só pode fazê-lo com os dispositivos emparelhados, portanto, a segurança é uma necessidade. Já que outros celulares que não têm sua autorização não poderão acessá-la.

Além disso, permitirá que você faça uma conexão com um computador se você não tiver um cabo USB, portanto você também terá os mesmos benefícios deste tipo de conexão.

MultiSIM

Esta tecnologia está relacionada a determinadas tarifas oferecidas pelas operadoras de Internet em nosso país. Consiste em ter vários cartões SIM em diferentes dispositivos e poder utilizar todos esses cartões como se estivesse em um único celular.

Isso tem a vantagem de poder utilizar os dados móveis que você contratou em cada um dos telefones e assim economizar dinheiro, já que você não precisará contratar uma linha para cada um.

Você deve estar ciente de que as companhias telefônicas oferecem esses serviços de diferentes maneiras, algumas permitem que você ligue e navegue sem limites, enquanto outras apenas permitem que você navegue.

Compartilhando megas do operador

Esta é outra característica que algumas das companhias telefônicas do nosso país possuem. Consiste em autorizar certas linhas que estão no mesmo grupo a utilizar os dados móveis que foram contratados em conjunto.

Desta forma você pode ter um saco de megas e usá-los de acordo com as necessidades de cada celular, independentemente do tipo de contrato que eles tenham em cada uma dessas linhas. Também é possível transferir dados móveis para uma determinada linha por meio de uma autorização do titular.

This post is also available in: English (Inglês)

Deixe um comentário